Disjuntores de basquete-Nova Zelândia liberam jogador após recusa da vacina

O time de basquete New Zealand Breakers libertou o guarda Tai Webster na segunda-feira, depois que ele decidiu não ser vacinado contra o COVID-19. Os Breakers jogam na National Basketball League (NBL) da Austrália e foram baseados no outro lado do Mar da Tasmânia durante a maior parte da última temporada devido às restrições de viagem do COVID-19. Eles parecem destinados a se mudar para a Austrália pelo menos no início da temporada de 2021-22 e a decisão de Webster de não ser vacinado complicaria os preparativos da viagem.


Crédito da imagem representativa: StoryBlocks
  • País:
  • Austrália

O time de basquete New Zealand Breakers lançou o armador TaiWebster na segunda-feira após ter decidido não ser vacinado contra o COVID-19. Os Breakers jogam na Liga Nacional de Basquete da Austrália (NBL) e foram baseados no outro lado do Mar de Tasmânia durante a maior parte da última temporada devido às restrições de viagem do COVID-19.

Eles parecem prontos para se mudar para a Austrália pelo menos no início da temporada de 2021-22 e a decisão de Webster de não ser vacinado complicaria os preparativos da viagem. 'Apoio totalmente a liberdade de escolha de cada jogador em relação à vacina', disse Matt Walsh, proprietário do Breakers, em um comunicado à imprensa.

'O clube vai manter a porta aberta para Tai, mas infelizmente estamos vivendo em tempos extraordinários e sem ser vacinado ele não terá liberdade de viajar o que lhe permitiria jogar por nós nesta temporada.' , um internacional da Nova Zelândia que jogou basquete universitário nos Estados Unidos em Nebraska , teve uma ótima temporada em 2020-21 e assinou um novo contrato de dois anos com a equipe em julho.



A nova temporada da NBL está programada para começar em 18 de novembro, mas a liga está tentando adiar a data de início a um ponto em que as taxas de vacinação na Austrália pode permitir a presença de torcedores inoculados nos jogos.

(Esta história não foi editada pela equipe do Top News e é gerada automaticamente a partir de um feed distribuído.)