Especialistas gregos aprovam injeção de reforço COVID-19 para equipe médica

A Grécia vai disponibilizar uma vacina de reforço COVID-19 para médicos e outras equipes médicas nas próximas semanas, disseram especialistas do Ministério da Saúde na segunda-feira. Cerca de 56,7% da população está totalmente vacinada.


Crédito da imagem representativa: Flickr
  • País:
  • Grécia

A Grécia disponibilizará uma vacina de reforço COVID-19 para médicos e outras equipes médicas nas próximas semanas, Ministério da Saúde especialistas disseram na segunda-feira. Os conselheiros já recomendaram uma injeção de reforço com vacinas de mRNA para grupos vulneráveis ​​com doenças subjacentes e indivíduos com mais de 60 anos.

A injeção de reforço não é obrigatória, disse Marios Themistokleous, secretário-geral responsável pela vacinação. Grécia passou pela primeira fase da pandemia no ano passado em melhor forma do que muitos outros países, mas viu um forte ressurgimento da doença este ano e enfrentou um aumento no número de casos nas últimas semanas.

O país relatou 2.126 novas infecções por COVID-19 e 39 mortes relacionadas na segunda-feira, elevando o número total de infecções desde o início da pandemia para 632.908 e o número de mortes para 14.505. , com uma população de 11 milhões de pessoas, administrou até agora mais de 11,9 milhões de primeiros tiros. Cerca de 56,7% da população está totalmente vacinada. Ele espera aumentar esse número para até 70% na tentativa de construir ampla imunidade contra o vírus.



(Esta história não foi editada pela equipe do Top News e é gerada automaticamente a partir de um feed distribuído.)