Paris sendo abalada por protestos contra COVID-19 passa para o 10º fim de semana consecutivo

Manifestantes contra os passes obrigatórios do COVID-19 foram às ruas de Paris pelo décimo sábado consecutivo, informou um correspondente do Sputnik.


Imagem representativa. Crédito da imagem: ANI
  • País:
  • França

Paris [França], 18 de setembro (ANI / Sputnik): Manifestantes contra os passes obrigatórios do COVID-19 foram às ruas de Paris pelo décimo sábado consecutivo, informou um correspondente do Sputnik. A capital francesa está tendo três protestos hoje, um dos quais é liderado pelo movimento Coletes Amarelos.

a data de lançamento da 2ª temporada do círculo

Colunas de manifestantes estão sendo retidas pelos cordões da polícia, com pessoas gritando '[Presidente francês Emmanuel] Macron, não queremos que sua saúde passe'. Os ralis estão menos lotados do que nas semanas anteriores e a situação continua calma.

De acordo com a emissora francesa BFMTV, citando uma fonte policial, um total de 80.000 a 120.000 oponentes dos passes COVID-19 devem protestar na França no sábado, incluindo 17.000 somente em Paris. Em julho, Macron anunciou uma série de novas restrições para conter a disseminação do COVID-19, incluindo um passe especial de saúde indicando que uma pessoa foi vacinada ou teve um resultado negativo no teste para COVID-19. A partir de 9 de agosto, o passe passou a ser obrigatório em restaurantes, bares, shopping centers, aviões e trens de longa distância.



A medida causou consternação generalizada na sociedade francesa, com protestos contra a medida balançando o país todos os finais de semana. No sábado passado, um total de 121.000 expressou suas objeções em toda a França, incluindo 19.000 em Paris. (ANI / Sputnik)

(Esta história não foi editada pela equipe do Top News e é gerada automaticamente a partir de um feed distribuído.)