O presidente Ramaphosa participa da reunião do G20 Compact with Africa em Berlim

O Pacto do G20 com a África (CwA) foi iniciado sob a Presidência Alemã do G20 em 2017 para promover o investimento privado no continente africano.


O presidente Ramaphosa deve ter uma reunião com a chanceler Angela Merkel para discutir questões bilaterais e regionais. Crédito de imagem: Twitter (@PresidencyZA)
  • País:
  • África do Sul

PresidenteCyril Ramaphosa chegou a Berlim, Alemanha, para participar do aG20 Compacto com a África (CwA) reunião, que começa hoje.

TheG20 Compacto com a África (CwA) foi iniciado sob o G20 Presidência alemã em 2017 para promover o investimento privado no continente africano.

Atualmente, 12 países africanos aderiram à iniciativa: Benin, Burkina Faso, Costa do Marfim, Egito, Etiópia, Gana, Guiné, Marrocos, Ruanda, Senegal, Togo e Tunísia.



África do Sul, que é membro do G20 , co-preside a iniciativa juntamente com a Alemanha.

As reuniões de Berlim incluirão aG20 A Cimeira de Investimento, bem como uma reunião separada de Chefes de Estado e de Governo, onde terão lugar discussões sobre as formas de melhorar o ambiente de negócios e aumentar o investimento em África.

A conferência também discutirá a produção de vacinas na África, que é a chave para permitir que os países africanos reconstruam com mais força, mais rapidez e de forma mais inclusiva e garantindo que as economias africanas pós-pandemia se tornem mais resilientes e equitativas.

boruto novo

O presidente Ramaphosa deve ter uma reunião com a chanceler Angela Merkel para discutir questões bilaterais e regionais.

O presidente está acompanhado pelo Ministro de Relações Internacionais e Cooperação, Dr. Naledi Pandor

As reuniões terminam na sexta-feira.

(Com contribuições do comunicado à imprensa do governo sul-africano)